Monthly Archives: Abril 2014

28/04 – Dia Mundial da Educação

Imagem

 

Há 14 anos, representantes de mais de cem países assinaram um documento se comprometendo a não poupar esforços para que a educação chegasse a todas as pessoas do planeta. Essa data ficou então instituída como o Dia Mundial da Educação.

Conhecimentos, valores e costumes são passados por meio da educação. O educador é um ator de transformação. Parabéns a vocês, educadores!

Se quiser saber mais sobre essa data, clique aqui!

Anúncios
Categories: Datas Comemorativas | Deixe um comentário

Pequenas Porções de Leitura

Imagem

Categories: Porções de leitura | Deixe um comentário

Dica de Autores – Gabriel García Márquez

Imagem

No último dia 17, o mundo perdeu um dos mais importantes escritores do século XX. Gabriel García Márquez nasceu em 6 de março de 1927, na Colômbia. Tinha dez irmãos, e foi criado com os avós. Cursou Direito e Ciências Políticas, mas não chegou a concluir o curso. Casou-se e teve dois filhos.

No final da década de 40 iniciou sua carreira literária, publicando contos. Trabalhou em alguns jornais, e foi correspondente na Europa e nos Estados Unidos. Chegou a ser perseguido pela CIA, por sua amizade com Fidel Castro e por suas críticas aos exilados cubanos.

Seu primeiro romance – “O Enterro do Diabo” – foi escrito em 1955, e em 1962 recebeu o Prêmio Esso de Romance, com o livro “O Veneno da Madrugada”. “Cem Anos de Solidão” foi publicado pela primeira vez em 1967, e esse livro é considerado um marco na literatura latino-americana. Em 1982 tornou-se o primeiro colombiano a receber o Nobel da Literatura, pelo conjunto da obra. Recebeu ainda vários outros prêmios.

Márquez foi diagnosticado com câncer linfático em 2002. Escreveu sua autobiografia “Viver para Contar”, e em abril de 2009 declarou que tinha encerrado sua carreira literária. Sofria também de demência senil, e faleceu em sua casa, no México.

A Biblioteca Padre Elemar Scheid possui em seu acervo alguns livros dele. Faz parte do acervo também o livro “Gabriel García Márquez: uma vida”, do biógrafo oficial de Márquez, Gerald Martin.  Boa leitura!

Imagem

Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

23/04 – Dia Mundial do Livro e do Direito do Autor

A data foi criada em 1995, em uma Conferência Geral da UNESCO. O objetivo é promover o prazer da leitura, a publicação de livros e a proteção dos direitos do autor.

A cada ano uma cidade é escolhida como a Capital Mundial do Livro, em reconhecimento a programas de promoção do livro e da leitura. Port Harcourt, da Nigéria, foi a elegida de 2014.

O Direito do Autor é reconhecido pela Declaração Universal dos Direitos do Homem, e é uma proteção do patrimônio e dos valores culturais.

Clique aqui, se você quiser conhecer mais sobre essa data e sobre a história do livro.

Comemore esse dia com leituras!

Imagem

Categories: Datas Comemorativas | Deixe um comentário

Pequena Porção de Literatura Infantil … ops! Cuidado com os Direitos Autorais!

Imagem

Categories: Porções de leitura, Tirinha | Deixe um comentário

Feliz Páscoa!

Imagem

Categories: Datas Comemorativas | Deixe um comentário

Dia Internacional e Dia Nacional do Livro Infantil

Imagem

No dia 02 de abril é comemorado o Dia Internacional do Livro Infantil, em homenagem ao dinamarquês Hans Christian Andersen (02/04/1805 – 04/08/1875). Livros voltados às crianças eram raros, e Andersen, ao escrever mais de cem histórias, contribuiu significantemente. É considerado o pai da literatura infantil.

O Dia Nacional do Livro Infantil é comemorado em 18 de abril, em homenagem a Monteiro Lobato (18/04/1882 – 04/07/1948), o pai da literatura infantil no Brasil. Os livros brasileiros eram editados e impressos na Europa, e Lobato, além de iniciar o movimento editorial brasileiro, escreveu mais de 20 livros infantis, numa linguagem e enredo que se aproximava das crianças.

Quer saber mais sobre essas duas datas? Clique aqui, e aqui.

O melhor momento para que alguém crie o hábito e o prazer pela leitura é a infância. A Biblioteca Parede Elemar Scheid tem em seu acervo vários livros infantis e infanto-juvenis. Incentive nas crianças o hábito da leitura: leia para elas, e leve livros para as que já lêem. Boas leituras!

Imagem

Categories: Datas Comemorativas, Literatura Infantil | Deixe um comentário

Porções de Leitura, não de chocolate!

Imagem

Categories: Porções de leitura | Deixe um comentário

Projeto Letras, Linhas e Pontos

A primeira parte do Projeto Letras, Linhas e Pontos, da unidade de Joinville, está pronta! Foram preparados enfeites de Páscoa em ponto cruz para a decoração da Árvore de Páscoa.

Imagem

 

ImagemA Árvore de Páscoa, ou Osterbaum, é uma tradição bastante comum na Alemanha e em cidades colonizadas por alemães. Os galhos secos simbolizam a frieza e morte do sepulcro de Jesus; os ovos simbolizam a vida, e as cores deles lembram a alegria da vida, da Ressurreição de Jesus.

Quer conhecer mais sobre o Projeto? Clique aqui!

Categories: Projeto Letras, Linhas e Pontos | Deixe um comentário

Dica de Autores – Lygia Bojunga Nunes

Imagem

Lygia Bojunga Nunes nasceu em Pelotas, em 1932. Ainda criança, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro. Foi atriz de teatro e de rádio, e depois começou a escrever para o rádio e a televisão. Decidiu se refugiar no interior do estado do Rio de Janeiro, e fundou, com seu segundo marido, uma escola rural. Somente no ano de 1972 Lygia publicou seu primeiro livro, Os colegas. Em 1982, com seis livros publicados, a autora recebeu o prêmio “Hans Christian Andersen” – concedido pela IBBY -, pelo conjunto de sua obra. Esse prêmio é um dos mais importantes da literatura para crianças e jovens, e Lygia Bojunga foi a primeira pessoa fora do eixo Europa-Estados Unidos a recebê-lo. Nesse ano, Lygia mudou-se para a Inglaterra, vivendo lá e aqui no Brasil de forma intercalada. Voltou ao teatro em 1988, escrevendo e atuando. Começou a trabalhar com edição e produção de livros, e em 1996 publicou um livro manualmente com papel reciclado e fotocopiado, chamado Feito à mão. A autora criou sua própria editora, a Casa Lygia Bojunga, um lugar para abrigar seus personagens, e o primeiro livro publicado através dela foi o Retratos de Carolina, em 2002. Em 2004, também pelo conjunto de sua obra, Lygia ganhou o prêmio sueco “Astrid Lindgren Memorial Award”, jamais dado antes a um autor de livros infanto-juvenis. Assim, ela criou a Fundação Cultural Lygia Bojunga, que desenvolve ações de aproximação entre a população e os livros, atendendo também comunidades de baixa renda.

Até o momento, a autora tem 22 livros publicados, e cerca de 40 prêmios recebidos. Teve a obra publicada em vários idiomas: alemão, francês, espanhol, sueco, norueguês, islandês, holandês, dinamarquês, japonês, catalão, húngaro, búlgaro e finlandês. Recebe elogios da crítica, tanto brasileira quando estrangeira.

Lygia Bojunga tem como característica em sua obra o rompimento da fronteira entre a realidade e fantasia. Ela não teme abordar temas considerados problemáticos – como suicídio, assassinato, e carências afetivas – e o faz com lirismo. Os textos parecem conversas com os leitores, o que torna a leitura bastante agradável. A autora é um dos maiores nomes da literatura infanto-juvenil, e consagrou-se pela qualidade de sua obra – tanto, que sua obra emociona e encanta pessoas de todas as idades.

A Biblioteca Padre Elemar Scheid tem em seu acervo alguns livros infanto-juvenis de Lygia Bojunga Nunes. Possui também o Livro: um encontro com Lygia Bojunga, em que a autora reúne textos sobre a sua relação com a literatura. Boa leitura!

 

Imagem

Categories: Literatura Infanto-Juvenil, Recomendação | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: