08/03 – Dia Internacional da Mulher

Hoje é o Dia Internacional da Mulher, e a Biblioteca Católica SC traz como dicas algumas das grandes escritoras de literatura. Boa leitura!

001 clarice

Clarice Lispector

Foi uma escritora e jornalista nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira, autora de romances, contos e ensaios, sendo considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, sendo considerada uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano.

002 anne rice

Anne Rice

É conhecida como escritora de um estilo que flutua entre a literatura fantástica, a literatura de terror e romances. Nascida em 4 de outubro de 1941, em Nova Orleans, nos Estados Unidos, Anne é conhecida pela série sobre vampiros chamada Crônicas Vampirescas. Desta série, nasceu Entrevista com Vampiro.

003 Cecília Meireles

Cecília Meireles

Cecília Meireles foi a primeira grande escritora da literatura brasileira. A reflexão filosófica e existencial foram os temas predominantes de sua vasta obra literária.

004 MaryShelley

Mary Shelley

Esposa do poeta inglês Percy B. Shelley, escreveu Frankenstein para participar de um concurso de histórias de terror realizado na intimidade do castelo de Lord Byron. Mesmo competindo com grandes gênios da literatura universal, acabou redigindo esta que é uma das mais impressionantes histórias de horror de todos os tempos. A história do dr. Victor Frankenstein e da monstruosa criatura por ele concebida vem fascinando gerações desde que foi publicada há mais de cem anos.

005 Nora roberts

Nora Roberts

É uma escritora norte-americana de mais de 200 best-sellers românticos. Autora de destaque e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor.

006 simone de beauvoir

Simone de Beauvoir

Simone Lucie-Ernestine-Marie Bertrand de Beauvoir, mais conhecida como Simone de Beauvoir, foi uma escritora, intelectual, filósofa existencialista, ativista política, feminista e teórica social francesa. Embora não se considerasse uma filósofa, De Beauvoir teve uma influência significativa tanto no existencialismo feminista quanto na teoria feminista.

007 toni morrison

Toni Morrison

Formada em letras pela Howard University, estreou como romancista em 1970, com O olho mais azul. Em 1975, foi indicada para o National Book Award com Sula (1973), e dois anos depois venceu o National Book Critics Circle com Song of Salomon (1975). Amada lhe valeu o prêmio Pulitzer. Foi a primeira escritora negra a receber o prêmio Nobel de literatura, em 1993.

008 lygia fagundes telles

Lygia Fagundes Telles

Romancista e contista, é a grande representante do movimento pós-modernismo no Brasil. É membro da Academia Paulista de Letras, da Academia Brasileira de Letras e da Academia de Ciências de Lisboa. O estilo de Lygia Fagundes Telles é caracterizado por representar o universo urbano e por explorar de forma intimista a psicologia feminina.

 

Anúncios

Pequenas Porções de Leitura

pequenas-porcoes-de-leitura-2017-5

Exposição – “Água doce”

A Biblioteca Padre Elemar Scheid, está com a mostra “Água doce”, da artista blumenausense  Cema Raizer. Os trabalhos apresentados na exposição foram desenvolvidos a partir da meditação a respeito da importância da água em nossas vidas. A exposição vai até o dia 30/03. Prestigie!

convite-1

exposicao-cema

Dica de autores – Machado de Assis

machado_de_assis

Em 21 de junho de 1839, nasceu Joaquim Maria Machado de Assis, no Rio de Janeiro.  Sua mãe e sua irmã faleceram quando ele tinha dez anos. Mais tarde, seu pai casou-se novamente e ele foi criado por sua madrasta.

“Ela”, primeiro poema de Machado de Assis, foi publicado em 1855. Trabalhou como tipógrafo, revisor, redator e colaborador em jornais e revistas. Em 1861 foi impressa a peça teatral “Desencantos”. Dois anos depois, passou a publicar vários contos. O primeiro livro de versos de Machado, “Crisálidas”, surgiu em 1864. O escritor casou-se, em 1869, com a portuguesa Carolina Augusta Xavier de Novais.

“Ressurreição” foi o seu primeiro romance publicado, em 1872. Anos depois, passou também a escrever crônicas. Machado de Assis foi o primeiro presidente eleito da Academia Brasileira de Letras. Carolina adoeceu, e faleceu em 1904. Quatro anos depois, o último romance do escritor, “Memorial de Aires”, foi publicado. No dia 29 de setembro desse mesmo ano, Machado de Assis faleceu.  As obras do escritor podem ser divididas em duas fases: romântica, e realista.

A Biblioteca Católica SC possui, em seu acervo, diversos livros de Machado de Assis. Boa leitura!

livros-machado