Daily Archives: 7 de Julho de 2017

Dicas de leituras para as férias!

tumblr_laxn4czzlf1qb0j8no1_500

Que tal aproveitar as férias para fazer uma leitura diferente? A Biblioteca Católica SC tem algumas dicas de livros de diversos gêneros. Boa leitura!

01 as brumas

Coleção As Brumas de Avalon (Marion Zimmer Bradley) – Ficção

“A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo-Rei e O Prisioneiro da Árvore são os quatro volumes que compõem As Brumas de Avalon – a grande obra de Marion Zimmer Bradley -, que reconta a lenda do rei Artur através da perspectiva de suas heroínas. As Brumas de Avalon evoca uma Bretanha que é ao mesmo temo real e lendária – desde as suas desesperadas guerras pela sobrevivência contra a invasão saxônica até as tragédias que acompanham Artur até a sua morte e o fim da influência mítica por ele representada. Igraine, Viviane, Guinever e Morgana revelam através da história de suas vidas e sentimentos a lenda do rei Artur, como se ela fosse nova e original.”

02 ensaio paixão

Ensaio da paixão (Cristovão Tezza) – Ficção

“No romance “Ensaio da Paixão”, Cristovão Tezza fala de um estranho rebanho constituído por toda a espécie de gente, com variadas nuances políticas, ideológicas, sexuais e artísticas. É na ilha onde ele mora, terra perdida no sul do Brasil, que todo ano acontece o ensaio de “Paixão de Cristo”, teatro sem atores, roteiro ou cenários profissionais. A história se passa nos anos 70 e suas loucas paixões: maconha, paz e amor, experiências novas e curtição. Todos estão dispostos apenas a viver um pouco no paraíso. Mas, em plena ditadura política, a cúpula do poder militar não tem a mesma opinião.”

03 bagagem

Bagagem (Adélia Prado) – Poesia

“Apesar de escrever sonetos desde os 14 anos, Adélia Prado só publicou seu primeiro livro – ´Bagagem´ – em 1976, aos 40 anos e já mãe de cinco filhos. O motivo está na autocrítica que ela faz da sua obra: ´Tudo que escrevi até ´Bagagem´ não têm nenhum valor literário. São coisas que têm importância, para mim, afetiva, de um bom tempo da minha vida.´ Lido e recebido com empolgação por Carlos Drummond de Andrade – que indicou a publicação do livro – ´Bagagem´ foi escrito num entusiasmo de fundação e descoberta. Emoções que, para a autora, são inseparáveis da criação, ainda que nascidas, muitas vezes, do sofrimento. Os poemas também mostram sua profunda religiosidade, que pode nascer do impacto da leitura de um texto sagrado, de um olhar amorosos sobre um personagem ou da observação das coisas simples da natureza.”

04 ser como o rio

Ser como o rio que flui (Paulo Coelho) – Contos

“O livro reúne pensamentos e histórias que Paulo Coelho escreveu ao longo de dez anos. Relatos sobre vida e morte, destino e escolha, amores perdidos e reencontrados. Às vezes engraçadas, às vezes sérias, as narrativas revelam paixão e alegria de viver e ver o mundo. Em uma das histórias, exemplar, a avó usa um lápis para explicar ao neto as qualidades do homem e a responsabilidade de viver deixando suas marcas por onde passa. Ao captar nos detalhes do dia a dia valores fundamentais para uma existência mais harmônica e feliz, Paulo Coelho traz para a vida cotidiana o olhar filosófico que o consagrou em obras como ‘O Alquimista’ e ‘O Vencedor está só’.”

05 grão

Um mundo num grão de areia (Rubem Alves) – Crônicas

“’Ver um Mundo num Grão de Areia E um Céu numa Flor silvestre, Ter o Infinito na palma da sua mão E a Eternidade numa hora.’ (William Blake) Tendo como inspiração a poesia de William Blake, Rubem Alves nos surpreende mais uma vez com esta coletânea de crônicas inéditas. Nestes textos poéticos, de intenso lirismo, é possível encontrar, a partir do verso “Um mundo num grão de areia”, todas as facetas que compõem o universo do ser humano e descobrir a riqueza de vida existente num minúsculo grão de areia, que nada mais é do que nosso mundo irrevelado. Esta é uma obra essencial para quem se sente amante da poesia, da arte, do sonho… amante do ser humano e de seu universo.”

06 castelo

O castelo de vidro: memórias de uma família que aprendeu a criar finais felizes (Jeannette Walls) – Biografia

“’Filha, a gente não tem dinheiro para o presente, mas escolhe uma estrela no céu, e fica com ela pra toda a vida.’ Todo mundo pode dar uma segunda chance à vida. Em suas memórias, a jornalista e escritora Jeannette Walls nos mostra, sem pieguices e respostas fáceis, que tudo na vida é mesmo relativo, que as adversidades podem ser vividas com leveza, somando aprendizado e grandeza às nossas biografias.”

07 dez leis

Dez leis para ser feliz: ferramentas para se apaixonar pela vida (Augusto Cury) – Auto-ajuda

“Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, perdas e frustrações. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. Este livro, do psiquiatra e escritor Augusto Cury, traz uma grande lição para todos nós. Suas ´Dez Leis para Ser Feliz´ são ferramentas essenciais para quem quer encontrar esperança na dor, força no medo e amor nos desencontros. Ser feliz é uma conquista e não uma obra do acaso…”

Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: