Crônicas

Dica de Leitura – Não se desespere!

000042e6

O livro traz cerca de trinta crônicas de Mario Sergio Cortella. Os textos são curtos e de temas variados, tendo sempre presente a filosofia. O subtítulo do livro é “provocações filosóficas”, e é justamente isso que o autor faz, através de seus textos, com o leitor: o provoca – a pensar, refletir e rever suas idéias e atitudes. O leitor é convidado desde a repensar o que é ética, até lembrar de acolher e aproveitar os momentos de paz interior.

“Felicidade é a gratuidade, isto é, o não obrigatório, que, quando ocorre, você sente a vida pulsar.” (Mario Sergio Cortella)

“Não se desespere!” faz parte do acervo da Biblioteca Católica SC. Boa leitura!

Anúncios
Categories: Crônicas, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de leitura – Doidas e santas

00002dd9

O livro Doidas e santas reúne quase cem crônicas de Martha Medeiros, publicadas entre 2005 e 2008. Os principais temas trazidos pela autora são: a vida urbana, os dramas e as alegrias da vida adulta, as delícias ocultas em nosso dia-a-dia, a maternidade, o afeto, relacionamentos amorosos. Os textos são curtos e simples, de leitura rápida, e recheados de humor. Alguns podem fazer o leitor parar para pensar um pouco. O livro virou peça de teatro, e está em cartaz há seis anos.

“Doidas e santas” faz parte do acervo da Biblioteca Católica SC. Boa leitura!

“Toda mulher é doida. Impossível não ser. A gente nasce com um dispositivo interno que nos informa desde cedo que, sem amor, a vida não vale a pena ser vivida, e dá-lhe usar o nosso poder de sedução para encontrar ‘the big one’, aquele que será inteligente, másculo, se importará com nossos sentimentos e não nos deixará na mão jamais. Uma tarefa que dá para ocupar uma vida, não é mesmo? Mas além disso, temos que ser independentes, bonitas, ter filhos e fingir de vez em quando que somos santas, ajuizadas, responsáveis, e que nunca, mas nunca, pensaremos em jogar tudo para o alto e embarcar num navio pirata comandado pelo Johnny Deep, ou então virar loura e cafetina, ou sei lá, diga ai uma fantasia secreta, sua imaginação deve ser melhor que a minha.

Eu só conheço mulher louca. Pense em qualquer uma que você conhece e me diga se ela não tem ao menos três dessas qualificações: exagerada, dramática, verborrágica, maníaca, fantasiosa, apaixonada, delirante. Pois então. Também é louca. E fascina a todos.” (trecho de Doidas e santas)

Categories: Crônicas, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de Leitura – A mesa voadora

mesa

O livro reúne 47 crônicas de Luis Fernando Verissimo. De forma bem-humorada, o autor conta suas experiências, cria histórias, dá dicas, fala sobre a origem de alguns pratos, sobre vinhos, e sobre costumes gastronômicos de outros lugares.  Ensina, por exemplo, a como se dar bem em um buffet, sem perder nada que há de melhor. Confira uma das dicas:

“Macetes – Com o tempo, você os desenvolverá sozinho. Cada um tem seu estilo. Alguns lembretes, no entanto. Se possível, sirva-se com dois pratos, com o pretexto de que está servindo a sua mulherzinha, ou seu maridinho, também. Se você realmente está com sua mulher ou seu marido, melhor. Ela ou ele pode fazer o mesmo e dizer que está servindo você. O trabalho em equipe é importante desde que se combine previamente quem ficará com todos os camarões. Atenção: jamais use a colherzinha que está junto ao pote para servir o caviar se houver uma colher de sopa à mão.”

Os textos são curtos e de rápida leitura. “A mesa voadora” faz parte do acervo da Biblioteca Padre Elemar Scheid. Boa leitura!

Categories: Crônicas, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de Leitura – Montanha-Russa

montanha russa

Esse livro é uma reunião de cem crônicas de Martha Medeiros, que foram publicadas entre os anos de 2001 e 2003, no jornal Zero Hora. Os textos são curtos, com linguagem simples e de rápida leitura.

As crônicas falam sobre o cotidiano, e muito sobre nós. Desejos, indecisões, atitudes, amores, medos… Enfim, tratam da montanha-russa que é a nossa vida, com suas curvas, quedas e subidas. Em alguns momentos, o leitor pode concordar com a autora, em outros discordar, e em outros ainda parar para pensar sobre algo que ainda não havia refletido.

“Viver não é seguro. Viver não é fácil. E não pode ser monótono. Mesmo fazendo escolhas aparentemente definitivas, ainda assim podemos excursionar por dentro de nós mesmos e descobrir lugares desabitados em que nunca colocamos os pés, nem mesmo em imaginação. E estando lá, rever nossas escolhas e recalcular a duração de ‘para sempre’. Muitas vezes o ‘pra sempre’ não dura tanto quanto duram nossa teimosia e receio de mudar.” (trecho de Felizes para sempre)

“Montanha-russa” faz parte do acervo da Biblioteca Joinville. Boa leitura!

Categories: Crônicas, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de leitura – Para não esquecer

para não esquecer

O livro reúne mais de cem crônicas de Clarice Lispector. São textos de variados tamanhos, e que falam sobre diversas coisas, suas vivências, seu processo de escrita. Não existe uma conexão entre as histórias, e parecem anotações, pensamentos. A autora mostra ao leitor suas percepções, sob seu olhar poético.

O livro foi publicado pela primeira vez em 1964, como a segunda parte de “A legião estrangeira”. A princípio, iria chamar-se “Fundo de gaveta”, mas foi posteriormente alterado.  A leitura pode ser feita rapidamente, mas o ideal é ler um pouco por vez. E em alguns momentos, é preciso ler mais de uma vez uma crônica, para uma melhor compreensão.

“Para não esquecer” faz parte do acervo da Biblioteca Católica SC. Boa leitura!

Futuro de uma delicadeza

“– Mamãe, vi um filhote de furacão, mas tão filhotinho ainda, tão pequeno ainda, que só fazia era rodar bem de leve umas três folhinhas na esquina…”

(Clarice Lispector)

Categories: Crônicas, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de leitura – Topless

topless

O livro reúne pouco mais de 50 crônicas de Martha Medeiros, publicadas no Jornal Zero Hora, entre os anos de 1995 e 1997. A autora fala sobre vários temas: o cotidiano, normalidades e neuroses dos homens e das mulheres, felicidade, casamento, filhos, morte. Comenta fatos, filmes e livros.

Por se tratar de textos escritos há cerca de 20 anos, algumas coisas são bastante pontuais. Quem viveu na época se lembrará. Os mais jovens, podem ter uma idéia de como era e o que aconteceu. Outros textos são atemporais.

O livro foi publicado pela primeira vez em 1997, e no ano seguinte recebeu o Prêmio Açorianos de Literatura (da cidade de Porto Alegre). As crônicas são curtas e possuem uma linguagem simples. A autora tem várias “sacadas”, o leitor pode se surpreender e concordar em alguns momentos. É quase impossível não ler todos os textos de uma vez só, um atrás do outro.

“Topless” faz parte do acervo da Biblioteca Padre Elemar Scheid. Boa leitura!

Categories: Crônicas, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Create a website or blog at WordPress.com

%d bloggers like this: