Literatura

Dica de leitura – A última grande lição

0000369C

Para Mitch Albom, Morrie Schwartz foi mais que um professor. No tempo da faculdade, foi um amigo, alguém com quem Mitch aprendeu e cresceu muito. No dia da formatura, prometeu manter contato. Mas a correria da vida o afastou do amigo. Dezesseis anos depois, ele descobriu que Morrie estava doente e não tinha mais muitos anos de vida.

Morrie tinha esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença degenerativa e ainda incurável. Ataca o sistema nervoso, causando paralisia motora progressiva. O professor teve que deixar a dança e a natação. Tinha a possibilidade de viver mais dois anos, mas ele sabia que iria antes, que quando a doença chegasse no pulmão seria o momento de despedida.

Mitchel foi visitá-lo, e daquele dia em diante foi em várias terças-feiras. Era o último curso que teria com seu professor. Intercalando entre recordações da faculdade, e as visitas, o livro traz muitos ensinamentos e conselhos para a vida. Fala sobre a morte, o amor, dinheiro, cultura, família, casamento, e outros temas.

São conversas regadas a afeto, aprendizagens que mudaram novamente a vida de Mitch, e que podem nos ajudam a encarar a nossa vida também. “A última grande lição” faz parte do acervo da Biblioteca Católica SC. Boa leitura!

Enquanto pudermos amar uns aos outros, e recordarmos a sensação de amor que tivemos, podemos morrer sem desaparecer. Todo o amor que criamos fica. Todas as lembranças ficam. Continuamos vivendo. Nos corações daqueles que tocamos e acalentamos enquanto estivemos aqui.” (Morrie Schwartz)

 

Anúncios
Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Livros que viraram filme – Como eu era antes de você

como eu era antes de você

Louisa Clark é uma moça de vinte e seis anos que mora com os pais, a irmã, o sobrinho, e o avô. Namora o Patrick há sete anos, mas percebe que estão distanciados, principalmente desde que ele mudou o estilo de vida. Louisa trabalha em um café perto do castelo da cidade, e adora o seu emprego.

Um dia, Frank, o dono do café, teve que fechar o estabelecimento. De uma hora pra outra, ela se viu sem emprego. Sem qualificações, mas precisando de trabalhar, Lou conseguiu a vaga de cuidadora assistente de um tetraplérgico.

Will tem 35 anos, tinha uma vida ativa, e adorava viajar, até que um acidente, há dois anos, o deixou numa cadeira de rodas, e com poucos movimentos nos braços e nas mãos. Nathan é o enfermeiro, Louisa estaria presente para ajudar no que fosse necessário. Ele já tinha tentado se matar antes, então não se podia deixá-lo sozinho por mais de quinze minutos.

No começo, Will é bastante arrogante e estúpido com Lou. Ela acha que não vai aguentar, mas tem que ficar no emprego, que paga bem, e o contrato é apenas por seis meses. Ela terá que suportar. Mal sabe que a vida dela mudará para sempre.

O livro foi publicado pela primeira vez em 2012, e recebeu adaptação para o cinema em 2016. Boa leitura!

Categories: Literatura, Livros/Filmes, Recomendação | Deixe um comentário

31/10 – Halloween

2018.10.31 - Halloween

Hoje é o dia das bruxas! Confira as nossas dicas e tenha horripilantes leituras!

001 o demonologista

O demonologista (Andrew Pyper)

“O personagem que dá título ao best-seller internacional é David Ullman, renomado professor da Universidade de Columbia, especializado na figura literária do Diabo – principalmente na obra-prima de John Milton, Paraíso Perdido. Para David, o Anjo Caído é apenas um ser mitológico. Ao aceitar um convite para testemunhar um suposto fenômeno sobrenatural em Veneza, David começa a ter motivos pessoais para mudar de opinião. O que seria apenas uma boa desculpa para tirar férias na Itália com sua filha de 12 anos se transforma em uma jornada assustadora aos recantos mais sombrios da alma. Enquanto corre contra o tempo, David precisa decifrar pistas escondidas no clássico Paraíso Perdido, e usar tudo o que aprendeu para enfrentar O Inominável e salvar sua filha do Inferno.”

002 love

Love: a história de Lisey (Stephen King)

“Lisey Landon compartilhava uma intimidade profunda e às vezes assustadora com seu marido, Scott, um escritor célebre e bem-sucedido – um homem cheio de segredos. Um desses segredos era a fonte de sua imaginação, um lugar com a capacidade de curá-lo ou destruí-lo. Agora, dois anos depois da morte de Scott, chega a vez de Lisey enfrentar os demônios de seu marido, mergulhando na perigosa escuridão que ele habitava. Love é uma parábola sobre a imaginação e o amor, e sobre o poder do amor de transformar e salvar.”

003 alguém espia nas trevas

Alguém espia nas trevas (Mary Higgins Clark)

“Ronald Thompson sabe que não maatou Nina Peterson. Mas mesmo assim foi julgado culpado e condenado à pena capital. Sua execução está marcada para acontecer em dois dias. Mas a morte de Thompson não vai ajudar a diminuir a dor e a raiva de Steve, viúvo de Nina. Nem amenizá o sofrimento de Neil, filho de seis anos do casal que viu a mãe ser brutalmente assassinada. Um novo relacionamento com uma jornalista alivia a tristeza de Steve. Aos poucos, Sharon Martin torna-se parte da família e seu amor, com a ajuda do tempo, faz com que as piores lembranças de Steve e Neil comecem a se apagar. Mas bem perto deles há um homem à espreita. Um psicopata inteligente que já matou antes, tem negócios inacabados no lar dos Peterson e um plano que pode resultar em centenas de vítimas. Mary Higgins Clark, a rainha americana do suspense, cria mais um mistério inesquecível. Um livro que prenderá você até as últimas páginas, à espera de que a identidade e os motivos do homicida sejam finalmente revelados.”

004 poemas e ensaios

Poemas e ensaios – Edgar Alan Poe

“Poemas e ensaios, de Edgar Allan Poe, é um livro maior do que seu número de páginas indica. Além de reunir os principais poemas e ensaios de um dos principais nomes da modernidade, inclui um posfácio de Charles Baudelaire e conta com as consagradas traduções de Oscar Mendes e Milton Amado.”

 

Categories: Datas Comemorativas, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Livros que viram filmes – Christine

christine livro e filme

O ano era 1978. Arnie tinha apenas um amigo, Dennis. Eles estavam trabalhando nas férias e um dia, quando estavam voltando para casa, ele viu um carro à venda e ficou apaixonado. O carro estava bastante acabado, e Dennis tentou fazer o amigo desistir da idéia, mas sem sucesso. O dono dele, Rolland LeBay, era um veterano de guerra que tinha comprado o carro em 1957, um Plymouth Fury modelo 1958, e com pintura especial. O nome do carro era Christine. O adolescente pagou um valor para garantir o carro e, no dia seguinte, o comprou, mesmo a contragosto de seu amigo e de seus pais.

Regina e Michael, os pais de Arnie, eram professores universitários, e Arnie sempre cedera à vontade deles, principalmente da mãe. Eles esperavam que seu único filho, um ótimo estudante, se matriculasse em breve em uma boa universidade. Mas agora, além de enfrentá-los, Arnie teria muitos gastos com o carro, o que iria influenciar na poupança que ele tinha para a faculdade. Regina não o deixou estacionar o carro na garagem deles. Arnie teve que levar Christine para a garagem do Darnell, onde poderia estacionar por um tempo e consertar o carro ali, até que pudesse ter licença para andar nas ruas. O que os nenhum deles imaginava era que aquele carro não era como os outros.

A forma como Christine estava sendo reformada era estranha. Também era estranha a forma como parecia se regenerar sozinha. Fora o odômetro, que girava ao contrário, para trás. Mas Dennis não queria comentar com ninguém. Quando as aulas voltaram, Arnie já estava se transformando em outra pessoa. Também estava fazendo alguns trabalhos para o Will Darnell, e começou a sair com Leigh, garota nova no colégio. Ainda sem poder deixar o carro na garagem de casa, Arnie passou a deixar no estacionamento do aeroporto. Um dia, alguns garotos do colégio foram até lá e destruíram Christine. Arnie ficou abalado, e então coisas mais estranhas ainda aconteceram. Será que ele estava no carro quando aqueles garotos começaram a aparecer brutalmente atropelados e assassinados? O que está acontecendo com Arnie? Alguém conseguirá deter a fúria de Christine? Leia e descubra!

“Christine” foi publicado pela primeira vez em 1983, e foi adaptado para o cinema no mesmo ano. O livro faz parte do acervo da Biblioteca Padre Elemar Scheid. Boa leitura!

Categories: Literatura, Livros/Filmes | Deixe um comentário

Dicas de Leitura – Mais livros novos!

2018.09.13 - Livros novos

Não paramos de receber doações! 🙂

Confira mais alguns livros que estão no acervo de Jaraguá e boa leitura!

pique-esconde

Pique-esconde: tanto vivo ou morto faz (Gladston Mamede)

 Esse é um livro sobre paixão e dinheiro. Muita paixão e muito dinheiro. A história de um jogo que começa em Belo Horizonte, no Brasil, mas vai ser jogado em Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia. Então, quando a contagem começar, cada um corre para onde quiser e se esconde como pode. Mas não é possível deixar-se encontrar; afinal, tanto morto ou vivo faz.

demi lovato

Demi Lovato: 365 dias do ano (Demi Lovato)

Pequenos textos inspiradores daquela que é um ícone da cultura pop recente. Demi Lovato: 365 dias do ano compila nesta obra frases inspiradoras, lições, meditações, reflexões, e objetivos para cada dia do ano. Na narrativas entendemos os desafios de cada dia como combustíveis para o nosso auto-conhecimento. Trata-se de uma obra feita com carinho, especialmente para os seus fãs, como ela afirma: “Leia estas palavras e saiba que estarei sempre presente para você”.

ninguém cresce de verdade

Ninguém vira adulto de verdade (Sarah Andersen)

Não querer levantar da cama numa manhã preguiçosa de segunda-feira. Sentir-se a pessoa mais feliz do mundo depois de receber um “Oi” do crush. Se apavorar em semanas de provas. Procrastinar a limpeza do quarto. Estas são situações pelas quais a maioria – talvez todos – dos jovens passam, e é por isso que é impossível não se identificar com a personagem criada por Sarah Andersen em “Ninguém vira adulto de verdade”. Você vai se divertir com as diversas situações ilustradas, se identificar, e até compreender as paranoias dessa personagem, porque os adultos muitas vezes também não possuem a menor ideia do que estão fazendo, não é mesmo?

 

Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de leitura – Livros novos na Biblioteca

2018.09.06 Livros novos

A Biblioteca de Jaraguá recebeu doações de alguns livros de literatura. Confira algumas dicas e boa leitura!

longa e fatal caçada

Longa e fatal caçada amorosa (Louisa May Alcott)

“Educada como reclusa pelo avô cruel, Rosamond Vivian habita uma distante ilha da costa britânica. Seu único conhecimento do mundo vem dos livros que devora avidamente. Mas, em uma noite tormentosa, surge o misterioso Philip Tempest. Ao casar-se com Tempest, Rosamond passa por uma turbulenta relação abusiva, e temendo se perder em sentimentos que sempre desprezou, decide fugir do homem que ela não mais reconhece. Começa então uma caçada que se estende por toda a Europa.”

em mares nunca navegados

Em mares nunca navegados (A. S. Franchini, Carmen Seganfredo)

“Estes homens, apesar de pertencerem a um pequeno país, conseguiram se apossar, ao longo dos anos, de todas as terras banhadas pelo rio Tejo. Além disso, enfrentaram os poderosos mouros, derrotando também os seus vizinhos castelhanos em todas as disputas que tiveram. Ainda não satisfeitos com tantas vitórias, parecem também dispostos a atravessar em frágeis embarcações, mares nunca navegados, onde os ventos selvagens do sul e do sudeste sopram sem trégua. Seu objetivo, ainda que o ocultem, é expandir para além-mar as fronteiras de seu império.”

a história do ladrão de corpos

A história do ladrão de corpos (Anne Rice) – 4º livro das Crônicas Vampirescas

“Um desconhecido que persegue Lestart em vários lugares do mundo – Veneza, Hong Kong, Miami, Londres e Paris – propõe a troca de seu corpo com o do vampiro. É a oportunidade de Lestat sentir as sensações de um mortal. É a chance de Raglan James experimentar os poderes de um imortal. Esta é uma história contemporânea, passada no final dos anos 80, inclusive no Rio de Janeiro. Depois de alcançar o sucesso durante sua curta carreira de cantor de rock, Lestat se enfronha no candomblé e espiritismo, pelas mãos de David Talbot, um amigo mortal que recusa sua oferta de sangue negro. Torturado por seu amor, suas dúvidas e sua solidão secular, Lestat sonha ser humano outra vez. Ver o sol, beber e comer como qualquer outra pessoa. Mas uma coisa o perturba. E se o estranho não lhe devolver mais o corpo?”

Memnoch

Memnoch (Anne Rice) – 5º livro das Crônicas Vampirescas

“O vampiro Lestat está de volta. Desta vez, num romance fantástico, ele enfrenta a maior das tentações: Memnoch, que afirma ser o diabo em pessoa. Memnoch coloca o imortal diante da oportunidade de voltar no tempo, conhecer a criação, visitar o purgatório e escolher entre o céu ou se tornar um príncipe no inferno.Nessa viagem de extremos, a autora propõe algumas situações que podem incomodar aos mais impressionáveis, mas que certamente tornam a leitura mais instigante. Memnoch conta a sua história: era um arcanjo escolhido por Deus para acompanhar o começo da criação mas cai em desgraça, quando se recusa a aceitar a indiferença divina com os homens, relegados aos mais diversos sofrimentos.”

O vampiro Armand

O vampiro Armand (Anne Rice) – 6º livro das Crônicas Vampirescas

“A autora descreve em detalhes o sensual relacionamento do ainda mortal Armand com o seu mentor e a conseqüente transformação do pupilo em vampiro. Quando está finalmente ocorre, as cenas fortes de sexo são substituídas pelo questionamento de Armand, forçado a escolher entre a imortalidade adquirida e a salvação de sua alma.”

Eu matei JK

Eu matei JK (Gladston Mamede)

“Ele mora numa das quitinetes do velho edifício Maletta, no centro de Belo Horizonte. Parece que é um aposentado que não tem filhos, mulher ou família. Nem amigos. Ninguém lhe dá importância, embora carregue um segredo essencial sobre a história brasileira: ele foi o atirador que matou Juscelino Kubitschek de Oliveira. Algo, porém, deu errado. Uma armadilha injusta faz com que ele se pergunte: como a vida de quem julgou fazer tudo certo pode ter chegado a um ponto tão errado? “Eu matei JK” é mais do que uma confissão. É um desabafo e um acerto de contas: a revisão de uma vida de quem não mediu sacrifícios no exercício da arte de manejar o fuzil e a carabina, servindo a pátria. Enfim, ele resolveu falar. E vai contar tudo o que guardou apenas para si durante os seus cerca de sessenta e cinco anos de vida.”

Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de leitura – Livros novos na Biblioteca

2018.08.23 livros novos doações

A Biblioteca de Joinville recebeu doações de alguns livros de literatura. Confira algumas dicas e boa leitura!

um escândalo na boêmia

Um escândalo na Boêmia: e outras aventuras de Sherlock Holmes (Sir Arthur Conan Doyle)

“Por que um envelope contendo cinco sementes de laranja inspira terror e provoca a morte dos destinatários? Qual o segredo por trás de uma estranha entidade que dá dinheiro a homens ruivos simplesmente pelo fato de seres ruivos? Que vilania pode explicar o desaparecimento, quase no altar, de um homem que até então se mostrara muito cortês e apaixonado pela noiva? E o que dizer da bela e inteligente Irene Adler, que desafia deliciosamente os talentos investigativos de Sherlock Holmes? ‘Um Escândalo na Boêmia e Outras Histórias’ reúne seis das mais célebres histórias com Holmes e seu amigo dr. Watson, que foram publicadas por Arthur Conan Doyle.”

lições de abismo

Lições de abismo (Gustavo Corção)

“Diante da doença, o tolo esbravejava contra a morte, apegado ao rancor de se descobrir vítima. Outro tipo de homem, mais raro, definha com a consciência desperta para urgências que se perderam no rame-rame cotidiano. Então, até mesmo seus rancores se transformam. Podem virar literatura. O professor João Maria, protagonista de Lições de Abismo, pertence a essa segunda espécie de homem: abandonado dez anos antes pela esposa e também pelo filho, ele está sozinho e tem os dias contados. Nenhum milagre, pode salvá-lo: três ou quatro meses é o que a doença lhe concede. Mas já havia acontecido antes a morte em vida: ” Que fiz eu, durante vinte anos, senão acompanhar o vaivém de Eunice? Foi ela a minha morte real, isto é, a real e efetiva destruição de meus gestos livres “, anota ele na impressionante narrativa que Gustavo Corção criou na forma de um diário de seu atormentado personagem.”

uísque por favor

Uísque, por favor (Gladston Mamede)

“Uma morte estranha na Universidade. Parecia um suicídio, mas a exumação indica uma alta dosagem de LSD no corpo da vítima: um rapaz religioso, sem histórico de consumo de drogas. Para tentar descobrir o que aconteceu, o reitor constitui uma comissão de professores: um historiador, um químico e um ambientalista. Em comum os três têm uma paixão: o uísque, a água da vida dos irlandeses e escoceses. Quanto mais investigam e bebem, mais coisas estranhas vão sendo descobertas. Afinal, uma coisa é como os fatos se passaram, outra coisa é como são narrados e apresentados e comentados por todos, inclusive na historiografia. Não só aquela morte, mas tantas outras: a verdade é o miolo de uma cebola.”

moradas de orfeu

Moradas de Orfeu: antologia poética (organização de Marco Vasques)

“Moradas de Orfeu é uma antologia de 59 poetas do sul do Brasil.  São 59 linguagens reunidas numa tentativa de evidenciar o exercício poético produzido na atualidade. Trata-se da reunião das novas vozes poéticas que habitam     os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande de Sul.”

um espetaculo de corrupção

Um espetáculo de corrupção (David Liss)

“Em “Um espetáculo de corrupção”, nosso herói precisa mais uma vez unir inteligência e punhos de aço. Agora para escapar de uma injusta condenação por homicídio. A trama se inicia minutos após o veredicto de Weaver: culpado. Na confusão, uma mulher misteriosa o aborda e habilmente lhe repassa uma lima e uma gazua. Enquanto alguém tivera um enorme trabalho para vê-lo condenado à forca, outra pessoa, igualmente misteriosa, estava determinada a libertá-lo. Depois da ousada fuga da mais notória prisão da Londres do século XVIII, Weaver vai encarar outro desafio: provar sua inocência. Para descobrir a verdade por trás de sua condenação e limpar seu nome, ele precisa entender as motivações de uma trama para extorquir um padre, delatar a hipocrisia nos conflitos entre trabalhadores das docas de Londres e, finalmente, expor a conspiração por trás da eleição nacional? Um pleito com potencial para provocar a queda da monarquia.”

não se apega não

Não se apega, não (Isabela Freitas)

“Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos. Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.”

Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Feliz Dia dos Pais!

“Pai é aquele que protege com amor, ensina o caminho. Compartilha histórias. Aconselha com sabedoria.”

 A Biblioteca Católica SC deseja aos pais um feliz dia!

Podcast_MannaArt_W-2

Em comemoração à data, sugerimos alguns livros, para pais e filhos. Boas leituras!

os-adolescentes-aprendem-o-que-vivenciam-dorothy-law-nolte-D_NQ_NP_893733-MLB25777801757_072017-F

Os adolescentes aprendem o que vivenciam: como o exemplo dos pais ajuda a formar jovens íntegros, independentes e felizes (Dorothy Law Nolte)

“Os anos da adolescência podem ser desafiadores para pais e filhos. Mas é possível superar as dificuldades colocando em prática duas verdades básicas sobre a educação tratadas neste livro: os pais devem dar o exemplo e manter-se profundamente envolvidos com os filhos. Com ótimas histórias e muito bom senso, este guia nos orienta sobre o que fazer para manter um canal de comunicação com nossos filhos adolescentes e, assim, transmitir-lhes valores fundamentais, como auto-estima, integridade, respeito, responsabilidade e perseverança.”

querido-papai-pai-amigo-e-heroi-D_NQ_NP_603395-MLB26040047341_092017-F

Querido papai: pai, amigo e herói (Bradley Trevor Greive)

“Com sua habilidade de criar histórias com imagens de animais, Bradley Trevor Greive fala do papel que o pai desempenha na vida dos filhos, construindo uma declaração de amor para emocionar pais e avôs de todas as gerações.”

000088C6

O filho eterno (Cristovão Tezza)

“Num livro corajoso, Cristovão Tezza expõe as dificuldades, inúmeras, e as saborosas pequenas vitórias de criar um filho com Síndrome de Down. O autor aproveita as questões que apareceram pelo caminho nesses 26 anos de Felipe para reordenar sua própria vida: a experimentação da vida em comunidade quando adolescente, a vida como ilegal na Alemanha para ganhar dinheiro, as dificuldades de escritor com trinta e poucos anos e alguns livros na gaveta, e a pretensa estabilidade com o cargo de professor em universidade pública.”

Categories: Datas Comemorativas, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Dicas de Leitura – Natal

christmas-book-sculpture

O clima natalino está no ar! Confira nossas dicas de livros para o Natal e boa leitura!

001

Esquecer o natal (John Grisham)

“Nada de árvores, estresse de shopping lotado, despesas sem controle, cartões com mensagens de paz e felicidade. O Natal dos Krunk será diferente: no lugar da festa, do panetone, do peru ou das luzinhas piscando no quintal, o plano é fazer um cruzeiro ao Caribe e desprezar qualquer emoção natalina que ponha tudo a perder. John Grisham provoca boas gargalhadas no leitor com esta hilariante fábula de Natal para os tempos modernos.”

002

A aventura do pudim de natal (Agatha Christie)

“Primeiro, foi o aviso sinistro para que Poirot não comesse pudim de passas… Depois, a descoberta de um cadáver dentro de um baú… Em seguida, uma briga, ouvida por acaso, que levou a um assassinato… Também o estranho caso do homem que alterou seus hábitos alimentares e morreu… E o mistério da vítima que sonhou com o próprio suicídio. Qual a ligação entre esses seis casos espantosos?”

003

Contos natalinos (Leonardo de Moraes – organizador)

“Contos Natalinos apresenta vinte e cinco surpreendentes histórias, a demonstrar vinte e cinco diferentes pontos de vista sobre a mais importante festa cristã: o Natal. Humor, suspense, romance, erotismo, sarcasmo e sutileza são os ingredientes usados por vinte e cinco contadores de histórias, a abordar as diferentes facetas do ser humano no período em que – sejamos cristãos ou não – nos revelamos um tanto mais à flor da pele. Dentre os vinte e cinco autores, encontramos escritores com diversos livros publicados; autores de telenovelas e teatro; roteiristas de cinema e propaganda audiovisual; professores universitários; bem como talentosos criadores novatos a aproveitar a Magia Natalina para colocar sua prosa à prova. Embarque nesta alquimia e se deixe levar por cada palavra, cada sentimento, cada imagem existentes nestas vinte e cinco histórias… e tenha um Feliz Natal!”

Categories: Datas Comemorativas, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Dica de Leitura – Tripulação de esqueletos

0000653E

O livro reúne mais de vinte contos de Stephen King. São textos escritos desde os 18 anos dele, até o ano de 1983. As histórias são aterrorizantes e envolventes. Nelas, o horror se apresenta de diversas formas, podendo ser num brinquedo maligno, num monstro, ou no psicológico das pessoas. Os personagens, diante do inimaginável, encontram-se na linha tênue entre realidade e fantasia.

Antes de embarcar na leitura, o autor nos diz: “Agarre meu braço agora. Agarre com força. Iremos a vários lugares escuros, mas acho que conheço o caminho. É só não largar meu braço.”

“Tripulação de esqueletos” faz parte da Biblioteca Padre Elemar Scheid. Horripilante leitura!

Categories: Contos, Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Create a website or blog at WordPress.com

%d bloggers like this: