Pequenas Porções de Leitura

077 Pequenas Porções de leitura 2017 29

Anúncios
Categories: Porções de leitura | Deixe um comentário

Dica de autores – Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade nasceu em 31 de outubro de 1902, em Itabira do Mato Dentro – MG. Em 1916 teve que interromper seus estudos no colégio interno, por motivos de saúde. No ano seguinte passou a ter aulas particulares. Voltou ao colégio e em 1919 foi expulso por “insubordinação mental” ao professor de português.

Mudou-se com a família para Belo Horizonte em 1920. Um ano depois, Carlos publicou seus primeiros trabalhos no Diário de Minas. Fez amizade com professores e escritores. Em 1922, o conto “Joaquim do Telhado” venceu o concurso da Novela Mineira.  Conheceu Mário de Andrade, Oswald de Andrade e Tarsila do Amaral, em 1924.

O escritor casou-se em 1925, e teve um filho – falecido pouco depois de nascer –, e uma filha, que se casou com um argentino e lhe deu três netos.

Concluiu o curso de farmacêutico, mas não trabalhou na área. Começou a lecionar geografia e português, e depois trabalhou como redator-chefe do Diário de Minas. No ano de 1928, publicou “No meio do caminho”. Posteriormente, trabalhou e colaborou em outros lugares.

O primeiro livro seu publicado foi “Alguma poesia”, no ano de 1930. “Brejo das almas” foi em 1934, mesmo ano em que se mudou para o Rio de Janeiro.” Sentimento do mundo” é de 1940, e “Poesias” de dois anos depois. Em 1943 foi publicada a sua tradução do livro de François Mauriac. Carlos Drummond de Andrade recebeu, em 1946, o Prêmio de Conjunto de Obra, da Sociedade Felipe d’Oliveira. O escritor seguiu publicando suas obras e traduzindo outras, e recebeu outros prêmios.

Em 1958, uma pequena seleção dos poemas foi publicada na Argentina. O escritor ainda teve seus textos traduzidos para outros idiomas. Foram lançados, em 1978, dois LPs com poemas lidos por Carlos Drummond de Andrade. Após 64 anos se dedicando ao jornalismo, encerrou sua carreira como cronista regular.

Devido a uma insuficiência cardíaca, em 1986, o poeta ficou hospitalizado durante quatorze dias. Abalado pela morte de sua filha, vítima de câncer, Carlos Drummond de Andrade faleceu em 17 de agosto de 1987.

A Biblioteca Católica SC tem, em seu acervo, livros de Carlos Drummond de Andrade. Boa leitura!

livros drummond

Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Pequenas Porções de Leitura

075 Pequenas Porções de Leitura 2017 28

Categories: Porções de leitura | Deixe um comentário

Dia dos Pais

A Biblioteca Católica SC deseja um feliz dia para todos os pais!

2017.08.10 - Dia dos pais

Nosso acervo possui vários livros sobre amor paterno e relação entre filhos e pais. Vejam nossas sugestões e boa leitura!

001

Filhos crescidos, pais enlouquecidos (Maurício de Souza Lima)

“Como fazer para criar filhos adolescentes no século 21? Depois que a minha filha menstruar, eu devo falar sobre anticoncepção? Devo liberar piercings e tatuagens? Meu filho tem que tomar remédio para crescer? Posso vasculhar o quarto dos meus filhos? Minha filha não come. Será que ela está com anorexia? Pela primeira vez, um médico hebiatra (médico de adolescentes) aborda questões que afligem pais de adolescentes de maneira leve, clara e objetiva. A partir de sua experiência em consultório, hospital e palestras, o Dr. Mauricio de Souza Lima selecionou as principais dúvidas de pais sobre o crescimento e desenvolvimento físico, considerando as peculiaridades emocionais da adolescência e sociais de nossos tempos.”

002

Aprendi com meu pai: 54 pessoas bem-sucedidas contam a maior lição que receberam de seu pai (Luís Colombini)

“Mais do que de fatos, este é um livro de versões. Mais do que rigor ou precisão, o importante aqui são lembranças, cenas nas quais o filho se recorda do pai. É, ainda, um livro de memórias de 54 empresários, executivos, artistas, especialistas, músicos, esportistas, consultores, headhunters, jornalistas, publicitários. Todos bem-sucedidos, mas não necessariamente famosos, alguns bastante conhecidos, outros não.”

003

A auto-estima do seu filho (Dorothy Corkille Briggs)

“´A Auto-Estima do seu Filho´ é o resultado da dupla experiência da autora, como profissional e como mãe. A chave da felicidade, da solução possível dos conflitos diários, é a autoconfiança. Um sólido modelo de autoconfiança supõe a ação dos pais, implica o meio familiar que eles constroem em torno da relação que os une. O livro procura proporcionar orientações práticas, indicações e sugestões para uma educação melhor e mais valiosas no seio da família, no sentido de criar condições, ao longo de suas vidas, o melhor de si mesmos.”

Categories: Datas Comemorativas, Recomendação | Deixe um comentário

Exposição: Imaginários

A Biblioteca Padre Elemar Scheid está com uma mostra do artista Fernando Pauler, composta por 20 obras – fruto da observação, análise e readequação de obras anteriores. A proposta é refazermos a nossa visão de mundo, olhando por outros ângulos, buscando sempre o novo. “Imaginários” pode ser visitada até o dia 31 de agosto, nos seguintes horários: de segunda à sexta-feira das 08h às 22h, e nos sábados das 08h às 12h. Prestigie a exposição!

convite expo Catolica Jaraguá jpeg

Categories: Exposições | Deixe um comentário

Pequenas Porções de Leitura

072 Pequenas Porções de Leitura 2017 27

Categories: Porções de leitura | Deixe um comentário

Dica de leitura – Travessuras da menina má

travessuras

Ricardo Somocurcio era um rapaz peruano que apaixonou-se perdidamente pela Lily, uma misteriosa “chilenita”. Pediu ela em namoro três vezes, mas ela não aceitou. Depois de um tempo, foi descoberta a farsa de Lily e da amiga dela, Lucy. Elas não foram mais vistas pelas redondezas.

Anos depois, Ricardo realizou o sonho de ir morar em Paris, trabalhando como tradutor. Na Paris revolucionária dos anos 60, Ricardo reencontrou Lily, mas quando achou que as coisas poderiam dar certo, de novo a perdeu. Lily, se é que esse era o nome verdadeiro dela, era ambiciosa, aventureira e manipuladora.

Os dois voltaram a se encontrar nas décadas seguintes, na Londres das drogas e amor livre, e da cultura hippie; e na Tóquio dos mafiosos. Ricardo sempre querendo tê-la, e ela sempre fugindo, mudando de nome e de marido conforme lhe convinha. Até que ela o magoou profundamente. Mas, um dia, precisou muito dele, e ele a ajudou. Moravam em seu apartamento, Lily até arrumou um emprego para ajudar com as despesas. Contudo, Ricardo sabia que aquele papel de esposa comum de um “coisinha-à-toa” – como ela lhe chamava -, não ia durar muito. Realmente, Lily encontrou outro e saiu de novo da vida de Ricardinho. Mas eles ainda voltariam a se encontrar em Madri, onde o destino poria um fim nessa história de amor.

Misturando realidade e ficção, andando entre o cômico e o trágico, o livro relembra as transformações históricas ocorridas nas décadas passadas. Traz também um pouco da vida do autor, e mostra um amor que é indefinível. “Travessuras de menina má” faz parte do acervo da Biblioteca Padre Elemar Scheid. Boa leitura!

Categories: Literatura, Recomendação | Deixe um comentário

Pequenas Porções de Leitura

070 Pequenas Porções de Leitura 2017 26

Categories: Porções de leitura | Deixe um comentário

Dica de leitura – Dia Nacional do Escritor

2017.07.27 - dia nacional do escritor

No dia 25 de julho foi comemorado o Dia Nacional do Escritor. Em comemoração a data, a Biblioteca Católica SC sugere alguns livros para aqueles que desejam escrever melhor ou tornarem-se escritores. Confira:

001

Para ler como um escritor: um guia para quem gosta de livros e para quem quer escrevê-los (Francine Prose)

“É possível ensinar a um escritor o seu ofício? A questão é polêmica, especialmente quando proliferam cursos de graduação e de extensão com essa proposta. Escritora e crítica literária, Francine Prose defende que sim, há muito o que aprender com os mestres. Virginia Woolf, Jane Austen, Nabokov, Philip Roth e Flaubert são alguns dos autores a quem dedica uma leitura atenta e cuidadosa, em busca do segredo do “escrever bem”. De cada um, extrai valiosas lições. Uma obra indispensável para escritores iniciantes e leitores inveterados! E mais: a edição brasileira conta com acréscimos de Italo Moriconi, que analisa a obra de mestres como Drummond, Machado e Graciliano; duas listas de livros para você ler imediatamente, preparadas por Francine Prose, com escritores estrangeiros, e Italo Moriconi, com autores nacionais. Best-seller e Livro Notável de 2007 do ‘New York Times’.”

002

Técnicas de comunicação escrita (Izidoro Blikstein)

“Quais são os segredos para escrever bem? Basta ter as regras gramaticais na ponta da língua? É suficiente ser craque em ortografia? É isso e muito mais. Neste livro, o professor Izidoro Blikstein – um dos maiores especialistas em comunicação do país – desvenda os mistérios do escrever bem para todos aqueles que sentem calafrios só de pensar que precisam redigir desde um simples e-mail até um relatório complexo. Em linguagem leve, com exemplos didáticos, o autor mostra que redigir um bom texto, qualquer que seja, não é nenhum bicho de sete cabeças. Mas é preciso atenção e esforço, pois escrever bem significa comunicar-se com eficiência. E uma boa comunicação é essencial para o progresso no mundo corporativo.”

003

A arte de escrever (Arthur Schopenhauer)

“Nesta antologia de ensaios recolhidos de Parerga e Paralipomena, o leitor vai encontrar textos que trazem as mais ferinas, entusiasmadas e cômicas reflexões acerca do ofício do próprio Schopenhauer, isto é, o ato de pensar, a escrita, a leitura, a avaliação de obras de outras pessoas, o mundo erudito como um todo. São eles: “Sobre a erudição e os eruditos”, “Pensar por si mesmo”, “Sobre a escrita e o estilo”, “Sobre a leitura e os livros” e “Sobre a linguagem e as palavras”. Embora redigidos na primeira metade do século 19, estes ensaios, ao tratar sobre o mundo das letras, os vícios do pensamento humano, as armadilhas da escrita e da crítica, continuam válidos – hoje talvez mais do que nunca. E, marca personalíssima do autor, são modernos, pulsantes de vida, de inteligência e humor.”

004

Para gostar de escrever (Carlos Emílio Faraco, Francisco Marto de Moura)

“Um livro de redação diferente: parte do pressuposto de que aprender a escrever é preciso antes aprender a gostar de escrever. Em lugar de agrupar técnicas ou modelos ideais de composição, leva o aluno a elaborar seu texto através de exercícios bastante criativos. Como estimulo, usa recortes de jornais e revistas, crônicas, contos e quadrinhos.”

Categories: Datas Comemorativas, Recomendação | Deixe um comentário

Pequenas Porções de Leitura

067 Pequenas Porções de Leitura 2017 25

Categories: Porções de leitura | Deixe um comentário

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: